Aécio e Dilma encerram a campanha em Minas

Eventos finais antes da votação no domingo serão no Estado natal dos dois candidatos e segundo maior colégio eleitoral do País

Pedro Venceslau e Elizabeth Lopes, O Estado de S. Paulo

22 de outubro de 2014 | 16h22

Segundo maior colégio eleitoral do Brasil, Minas Gerais será o palco do último dia da campanha presidencial. Depois de pedir a bênção no Santuário da Piedade, em Caeté, na segunda-feira, o candidato do PSDB, Aécio Neves cumprirá outro ritual: vai visitar o túmulo do avô, Tancredo Neves, em São João Del Rey na manhã de sábado, 25. Já a presidente Dilma Rousseff (PT) fará uma caminhada por Belo Horizonte. Nesta quarta, 22, os dois concorrentes ao Planalto também tiveram agendas no Estado.

Dilma e Aécio são mineiros, nascidos em Belo Horizonte. Além do vínculo familiar, o candidato tucano foi governador do Estado por dois mandatos. No primeiro turno das eleições, a petista saiu vitoriosa no Estado, com 43,4% dos votos, ante 39,75% do tucano. O desempenho petista foi bastante explorado pela propaganda de Dilma durante o 2º turno.

De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Minas tem 15.248.681 eleitores. São Paulo é o maior colégio eleitoral, com 31.998.432 pessoas aptas a votar. A região Sudeste concentra 43,4% do eleitorado.

Nos dias finais de campanha, Aécio já dedicou parte de seus compromissos a cidades mineiras. O primeiro foi a visita ao Santuário da Piedade, em Caeté. Na tarde desta quarta o candidato tem agenda prevista em Belo Horizonte.

Depois de viagens ao Nordeste, Dilma esteve nesta manhã em Uberaba, onde participou de comício. Durante o ato, repetiu críticas aos governos tucanos.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.