Acusado de liderar Máfia do Asfalto é preso

Agentes da Polícia Federal prenderam ontem o engenheiro Olívio Scamatti, apontado como líder da Máfia do Asfalto, organização acusada de se infiltrar em administrações de 78 municípios do interior de São Paulo para fraudar licitações patrocinadas por emendas parlamentares em esquema que envolvia empresários, lobistas, prefeitos, deputados e outros agentes públicos. A prisão ocorre 37 dias depois de Scamatti ser libertado por habeas corpus impetrado no Tribunal Regional Federal da 3.ª Região. Ele havia sido preso por ordem da Justiça Federal em Jales (SP), onde tramita ação penal que apura o esquema.

O Estado de S.Paulo

13 Dezembro 2013 | 02h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.