'Acho um erro para as oposições', diz Roberto Freire

O deputado Roberto Freire, presidente nacional do PPS, lamentou a decisão de José Serra de ficar no PSDB. "Ele me ligou ontem (segunda-feira) e disse que ficaria. Acho que é um erro para as oposições, mas espero que ele seja feliz", disse o dirigente ao Estado. Questionado sobre a possibilidade de seu partido acolher a candidatura da ex-ministra Marina Silva, que está tendo dificuldades de criar a Rede, Freire afirmou que o assunto não está na pauta da sigla. "A Marina não tomou nenhuma iniciativa nesse sentido." No próximo dia 8, a executiva nacional do PPS se reunirá em Brasília para definir seu futuro sem José Serra. / P.V.

O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2013 | 02h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.