A trajetória de Marta

A psicóloga Marta Teresa Smith de Vasconcellos Suplicy entrou para a vida pública em 1994, quando foi eleita deputada federal. À época, ela era casada com o senador Eduardo Suplicy, também filiado ao PT.

O Estado de S.Paulo

02 de novembro de 2011 | 03h05

Seis anos depois, incentivada por Luiz Inácio Lula da Silva, ela se lançou candidata à Prefeitura de São Paulo e venceu. Em 2001, Marta anunciou a separação do senador.

À frente da capital paulista, ela criou os CEUs e o Bilhete Único, mas sofreu forte desgaste por conta das taxas de luz e do lixo. Concorreu à reeleição em 2004 e foi derrotada por José Serra (PSDB).

Em 2006, Marta sofreu novo desgaste político ao perder a prévia do PT para Aloizio Mercadante, na disputa pelo governo paulista. Em 2008, deixou o Ministério do Turismo para concorrer novamente à Prefeitura e perdeu para Gilberto Kassab. No ano passado, Marta elegeu-se senadora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.