Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

‘A prévia não indica, ela elege’, afirma tesoureiro do PSDB

Segundo o tesoureiro Cesar Gontijo, escolha de João Doria deve ser respeitada e Eduardo Leite pode pleitear qualquer outro cargo, menos o de presidenciável

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2022 | 19h19

Após o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, minimizar os efeitos da carta assinada por ele mesmo em apoio ao nome de João Doria para a disputa pelo Palácio do Planalto, o tesoureiro nacional da legenda, Cesar Gontijo, divulgou nota neste sábado, 2, para reafirmar o processo das prévias.

“A prévia não indica, ela elege. E uma vez eleito, o pré-candidato está referendado pelo partido com o voto da maioria da militância. Não há nada, absolutamente nada, que se sobreponha a essa decisão, ela é soberana”, diz Gontijo em texto no qual pretende “esclarecer sobre um equívoco que vem sendo divulgado a respeito de um suposto apoio da ‘cúpula do PSDB’ ao ex-governador Eduardo Leite”.

Segundo o tesoureiro, “não existe nenhuma esfera do partido que possa alterar essa eleição”. “Assim, o ex-governador Eduardo Leite é livre para pleitear qualquer outro cargo, mas o de presidenciável, por decisão do PSDB e da Federação, já está ocupado e não está aberto a este tipo de especulação.”

Na sexta-feira, 1, na saída do evento de filiação do deputado Rodrigo Maia (RJ) ao PSDB em São Paulo, do qual participou Doria, Araújo disse que “em política tem algo que vale mais do que papel e carta, que são os fatos e acontecimentos”.

Leite, por sua vez continua se movimentando como pré-candidato. Ontem pela manhã ele se reuniu com o ex-juiz Sérgio Moro em um hotel na capital paulista. “Conversei com Eduardo Leite sobre o momento político do País e sobre a necessidade de união do centro que está sendo liderada no União Brasil por Luciano Bivar”, escreveu Moro no Twitter. O ex-juiz, que trocou o Podemos pelo União Brasil e tenta voltar à corrida eleitoral, também recebeu a senadora Simone Tebet (MS), pré-candidata do MDB à Presidência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.