WILTON JUNIOR / ESTADÃO
WILTON JUNIOR / ESTADÃO

'A expectativa é de que ele debata, frente a frente, olho no olho', diz Haddad sobre Bolsonaro

Candidato do PT ainda afirmou que rival, que lidera as pesquisas de intenção de voto nas eleições 2018, 'usa as redes sociais para se esconder'

Leonardo Augusto / ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

05 Outubro 2018 | 13h56

Em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto nas eleições 2018, atrás de Jair Bolsonaro (PSL), o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, afirmou nesta sexta-feira, 5, durante ato de campanha em Belo Horizonte, que o adversário se esconde nas redes sociais e que quer que o oponente debata "frente a frente".

Haddad, ao lado do candidato à reeleição pelo PT ao governo de Minas, Fernando Pimentel, da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), que disputa vaga ao Senado pelo estado, e da vice Manuela D'Ávila, participou de ato público em Venda Nova, na capital mineira.

Recebido aos gritos de 'eu acredito' pela militância, Haddad afirmou que, no segundo turno, "a expectativa é que ele (Bolsonaro) debata". "Frente a frente. Olho no olho. Ao invés de usar as redes sociais para se esconder", afirmou. Haddad disse ainda que a campanha vai "atuar nas redes sociais contra a difamação e a injúria". 

Após caminha por Venda Nova, o candidato do PT visitaria ainda Justinópolis, bairro de Ribeirão das Neves, uma das maiores cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte. No final da tarde,  Haddad seguirá para São Paulo, onde participa de uma caminha no centro da capital paulista.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.