Obama em Brasília: palavras diferentes para cada público

Obama em Brasília: palavras diferentes para cada público

Jose Roberto de Toledo

19 de março de 2011 | 16h02

A Casa Branca acaba de publicar as íntegras dos discursos que Barack Obama fez no Brasil, por enquanto. O primeiro foi ao lado de Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. É protocolar, enfatiza muito o “Brazil”, cita várias vezes a anfitriã (chamada de “madam president”) e põe os “two” países “together” (juntos) em “cooperation”, “international” e “global”.

Discurso de Obama no Planalto

O segundo pronunciamento, bem mais curto, ocorreu no Itamarati, em reunião com CEOs brasileiros e norte-americanos. Na parte pública do encontro, Obama mostrou-se mais descontraído do que no Planalto. Arrancou risadas duas vezes em seguida da plateia ao repetir a piada sobre as Olimpíadas (o Rio ganhou de Chicago). Elogiou a liderança de Dilma (“outstanding”) e o crescimento brasileiro.

Discurso de Obama para CEOs no Itamarati

Obama anunciou que seriam assinados acordos de cooperação econômica que deveriam facilitar os negócios entre os dois países. Mas também deixou claro que, embora os vistos para entrada de brasileiros nos EUA tenham sido estendidos de 5 para 10 anos, eles ainda continuarão sendo necessários. Foi mais um discurso dentro do esperado e sem novidades.

Tudo o que sabemos sobre:

Dilmadiscursoobama

Tendências: