Petistas e aliados pegam carona no “efeito Lula” nos estados