Ninguém se preocupa menos com a economia do que brasileiro