Diga o que você tuíta e o Twitter dirá o que você faz

Diga o que você tuíta e o Twitter dirá o que você faz

Jose Roberto de Toledo

30 de setembro de 2011 | 15h23

Há uma forte correlação entre o que as pessoas fazem no dia-a-dia e o que elas publicam ou procuram na internet. Já se sabia isso pela frequência de buscas mais comuns no Google em cada hora e dia da semana. Mas um novo estudo e uma nova ferramenta mostram que isso é ainda mais verdadeiro no Twitter.

Os tuiteiros lusófonos costumam publicar notas sobre “trânsito” justamente nos horários de maior congestionamento, como às 7h da manhã, ou nas sextas-feiras no fim da tarde. Como os brasileiros são imensa maioria entre os usuários do Twitter em português, eles preponderam nos resultados.

?

“Futebol” é mais comentado no Twitter em português nos domingos à tarde e nas quartas à noite, horário dos principais jogos do Brasileirão.

?

A “hora do almoço” é a mesma no Twitter e no cotidiano. Mantém até as peculiaridades de cada dia da semana: mais tarde aos domingos e mais longa aos sábados.

?

Como na vida real, “novela” é um hábito diário, com hora certa no Twitter em português. É mais assunto principalmente às segundas-feiras, e perde importância no fim-de-semana, quando muda a programação na TV.

?

Balada” virou exclusivamente sinônimo de noitada. E como tal, tem seu pico na madrugada de sábado para domingo, com os tuiteiros comentando o que fizeram. Há um segundo ponto alto no começo da noite de sábado, quando eles combinam ou anunciam o que estão prestes a fazer.

?

Domingo é dia de “missa” e de “culto“, com preponderância do rito católico, embora em proporção menor do que os dados censitários sobre preferência religiosa da população poderiam fazer supor.

Possível sinal de perda de influência relativa da Igreja católica aparece na comparação do número de citações ao “padre” e ao “pastor” no Twitter.

……………………………………………………..

O pesquisador Scott Golder (@redlog), da Universidade de Cornell, nos EUA, reuniu uma base de dados com centenas de milhões de tuitadas de 84 países. Fez um estudo dos tuítes em inglês usando software que distingue palavras que identificam atitudes positivas e negativas. Isso rendeu reportagem no The New York Times e foi reproduzido no Brasil, inclusive aqui. Mas a base de dados está disponível online, e contém tuítes em português. É com base nela que foram montados os gráficos acima.

Nos gráficos multicoloridos, cada linha corresponde a um dia da semana e é identificada por cores diferentes, como a seguir: segunda-feira, terça-feira, quarta-feira, quinta-feira, sexta-feira, sábado e domingo.

Esta nota teve a colaboração dos jornalistas Amanda Rossi e Bruno Meirelles.