Desigualdade regional cai, mas Brasil ainda tem um Chile de miseráveis: 16 milhões