Contar calorias é insuficiente para emagrecer; tipo de alimento é mais importante, aponta novo estudo