Temer vê ação de Lula em protesto de países

Vera Magalhães

21 de setembro de 2016 | 12h18

O presidente Michel Temer recebeu informações segundo as quais o ex-presidente Lula teria atuado pessoalmente para estimular representantes de países como Venezuela, Nicarágua, Bolívia e Costa Rica a deixarem o plenário da ONU durante seu discurso de abertura da Assembleia Geral.

A suposta articulação de Lula foi discutida pelo presidente com integrantes da comitiva que o acompanha na visita a Nova York.

Segundo um deles, Temer, que até aqui deixava aberta uma brecha para retomar conversas com setores do PT, entre eles o ex-presidente, “anotou no caderninho” a suposta iniciativa.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.