‘Selfies’ com Marcela são hit no jantar do teto

Vera Magalhães

10 de outubro de 2016 | 08h55

Depois de fazer na semana passada sua estreia pública, ao discursar no lançamento do programa Criança Feliz, a primeira-dama Marcela Temer foi a estrela no jantar de ontem para discutir o teto de gastos do governo federal.

Pela primeira vez Marcela recebeu os convidados num evento na residência oficial da presidência. Na porta do palácio ao lado de Michel Temer, a primeira-dama foi requisitado para dezenas de “selfies” com deputados e as mulheres, que também eram convidadas.

Diferentemente de outros jantares no Alvorada, desta vez a comida foi elogiada: carne com risoto de funghi, salmão, salada e massa.

Antes do jantar, houve exposições de dois economistas convidados: José Márcio Camargo, da PUC-RJ, e Armando Castellar, da FGV-RJ.

Os dois fizeram apresentações em power point — havia várias telas espalhadas pelos salões para os deputados poderem acompanhar — em que apontaram risco de hiperinflação e insolvência em curto prazo caso o teto não passe.

Só depois Temer falou, fazendo o apelo pela “salvação” do Brasil. Ele também criticou a manifestação da Procuradoria-Geral da República contra a PEC.