PF não fez busca e apreensão de provas nas casas de Cunha

Vera Magalhães

20 de outubro de 2016 | 19h05

A Polícia Federal não realizou buca e apreensão de documentos e outras provas nas casas de Eduardo Cunha no Rio e em Brasília.

A PF tinha mandado judicial para entrar nos dois endereços pra prender o ex-deputado, mas não recolheu nenhum material.

A informação, dada por um dos advogados de Cunha, foi confirmada por integrantes da força-tarefa ao blog.

Já havia sido realizada uma busca e apreensão determinada pelo STF. Quando Cunha Perceu o mandato, esse material foi enviado à vara da justiça federal de Curitiba que cuida da Lava Jato. Por isso, segundo investigadores, o juiz Sergio Moro não viu razão para determinar nova busca.