Corrupção, saúde e mobilidade dominam conversas sobre debate no Twitter

Vera Magalhães

19 de setembro de 2016 | 16h46

Levantamento do Twitter sobre o debate promovido no domingo pela TV Gazeta e o Estadão entre os candidatos a prefeito de São Paulo mostrou que os temas mais comentados nas conversas no microblog — que também foi parceiro na realização do evento — foram corrupção, saúde e mobilidade urbana.

De acordo com dados do Twitter, os picos de conversas sobre os debates se deram às 20h18, quando o tucano João Doria foi vaiado ao defender o governador Geraldo Alckmin; às 18h30, no início do programa, e às 19h46, quando o prefeito Fernando Haddad (PT) disse:”Eu não vou tirar a guarda municipal dos postos de saúde e das escolas para fazer o que é obrigação do estado”, ao responder sobre segurança.

Os candidatos mais citados nas conversas foram Haddad, Marta Suplicy (PMDB) e Doria.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.