Coluna: Governo pode prorrogar prazo para repatriação

Vera Magalhães

19 de setembro de 2016 | 07h08

A pouco mais de um mês do término do prazo para empresas e pessoas físicas aderirem à lei de repatriação de bens e recursos, o saldo é bem abaixo do projetado inicialmente. A Receita não tem divulgado balanços, mas a área econômica do governo já fala em prorrogar o prazo para a adesão.

A baixa performance da repatriação – que poderia dar um alívio fiscal ao governo e gerar capital para as empresas voltarem a investir – se dá porque advogados estão desaconselhando as empresas a aderir, apontando insegurança jurídica das regras.

  • Coluna publicada em 19/9 no Estadão

 

Tudo o que sabemos sobre:

economiarepatriação de bensgoverno

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: