Coluna: Demora de reação da economia reacende medo de quebradeira

Vera Magalhães

19 de setembro de 2016 | 07h09

Muito presente em relatórios de bancos no auge da crise do governo Dilma, o risco de quebradeira de empresas até o fim do ano voltou ao radar dada a demora na reação da economia. “Se o governo Temer der certo, pode não dar tempo”, lamenta um executivo.

FRASE

“Meirelles é o capitão da nossa equipe. Nós, os demais jogadores, seguimos a orientação dele e do treinador Michel Temer.”

De ELISEU PADILHA, ministro da Casa Civil, negando divergências entre ele e o titular da Fazenda

  • Coluna publicada em 19/9 no Estadão

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.