Após ser banido do YouTube, conta de Allan dos Santos no Twitter é suspensa

Após ser banido do YouTube, conta de Allan dos Santos no Twitter é suspensa

Blogueiro bolsonarista tenta voltar a publicar nas redes com mais atividade desde o domingo, 8

Levy Teles

11 de maio de 2022 | 17h56

Em uma ofensiva para retomar presença nas redes sociais, o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos foi novamente banido do Twitter após dizer que iria voltar com o seu blog, Terça Livre. Uma das últimas contas foram removidas da rede em novembro de 2021.

Antes de ter o perfil apagado, ele chegou a publicar que estava voltando à rede social em reação ao anúncio da intenção do novo dono do Twitter, Elon Musk, em reverter o banimento do ex-presidente americano Donald Trump, que aconteceu depois da invasão do Capitólio no dia 6 de janeiro do ano passado.

O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos usando um terno preto

Allan dos Santos fez publicações contra o STF e o ministro Alexandre de Moraes em seu perfil no Twitter. Foto: Gabriela Biló/Estadão

Como revelou o Estadão, o blogueiro já ensaiou um retorno ao YouTube com ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao ministro Alexandre de Moraes neste domingo, 8. A conta foi banida na segunda, um perfil alternativo foi criada horas seguintes e foi banida entre esta segunda-feira e terça-feira.

Considerado foragido da polícia brasileira, Allan dizia no vídeo do novo canal que não vê a família há dois anos e defendeu que “não há democracia onde há presos políticos”.

Alexandre de Moraes ordenou, em outubro do ano passado, a prisão preventiva do dono do canal Terça Livre, no âmbito do inquérito das milícias digitais. Ele está foragido nos Estados Unidos desde então.

O processo da extradição de Allan dos Santos foi marcado por acusações de servidores do Ministério da Justiça, que relataram ter sofrido pressão interna para impedir que o blogueiro seja trazido de volta ao Brasil. A Polícia Federal apura se houve tentativa de interferência indevida no procedimento.

Em janeiro deste ano, o então ministro das Comunicações, Fábio Faria, participou de um evento com a presença de Allan dos Santos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.