Condephaat define na segunda tombamento do DOI-Codi
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Condephaat define na segunda tombamento do DOI-Codi

Roldão Arruda

23 Janeiro 2014 | 19h44

O Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (Condephaat) decide na próxima segunda-feira, 27, o destino do conjunto de edifícios que abrigou a sede do DOI-Codi em São Paulo. Foi lá que morreu, em 1975, sob tortura, o jornalista Vladimir Herzog.

O caso está sendo analisado pelo conselho desde 1.º de junho de 2012, data em que o ex-preso político Ivan Seixas protocolou o pedido de tombamento do conjunto, localizado na Rua Tutoia, 121, no Bairro Paraíso, na Zona Sul da capital paulista.

De lá para cá, pedido já foi reforçado por diversas instituições de defesa de direitos humanos, grupos contra a tortura, ex-presos políticos e parlamentares. A Comissão Nacional da Verdade também apoiou a iniciativa, ao lado das comissões do Estado e da Câmara de Vereadores.

O local hoje abriga a 36.ª Delegacia de Polícia de São Paulo. Se for tombado pode ser transformado num museu ou centro cultural, com foco na memória dos anos da ditadura militar.

DOI-Codi é a sigla para Destacamento de Operações de Informações do Centro de Operações de Defesa Interna, instituição vinculada ao Exército, que atuava na área de repressão política. No início da década de 1970, a seção paulista foi uma das mais ativas do País, de acordo com a literatura do período.

Relatos de ex-presos políticos também apontam que o conjunto da Rua Tutoia abrigou um centro de tortura. Um de seus comandantes foi o coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra, na época ainda major.

Em novembro, o então presidente da Comissão Nacional da Verdade, advogado José Carlos Dias, visitou o local, acompanhado de ex-militantes políticos que ali estiveram presos. Os secretários estaduais de Segurança, Fernando Grella Vieira, e da Cultura, Marcelo Araújo, acompanharam a visita.

De acordo com a pauta da reunião de segunda-feira do Condephaat, o pedido de tombamento do DOI-Codi será um dos primeiros assuntos a serem discutidos.

Acompanhe o blog pelo Twitter – @Roarruda

DEVIDO A PROBLEMAS TÉCNICOS, BLOG NÃO ESTÁ RECEBENDO COMENTÁRIOS.