As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Carismáticos e evangélicos se unem contra gays e feministas

Roldão Arruda

27 de agosto de 2012 | 17h37

Os políticos católicos ligados à Renovação Carismática estão cada vez mais unidos aos evangélicos. No Congresso, há algum tempo atuam em conjunto para barrar qualquer projeto de liberalização nas leis do aborto. Também se alinham para impedir mudanças favoráveis aos homossexuais.

A aproximação é tão forte que, no ano passado, os evangélicos mudaram o nome do grupo que utilizam para levar adiante suas ações. O antigo Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política passou a chamar-se Fórum Cristão Nacional.

A unidade desses grupos é um dos temas do seminário internacional Transformações Religiosas no Mundo Contemporâneo, que começa nesta terça-feira, 28, na Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Na quarta-feira, 29, a professora e pesquisadora Maria das Dores Campos Machado, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) fará uma apresentação com o título Pentecostais e carismáticos: de concorrentes a aliados.

De acordo a estudiosa, dois dos principais articuladores da aproximação são os deputados Salvador Zimbaldi (PSDB-SP), próximo da Renovação Carismática, e Rodolfo Lucena (PV-SP), da Igreja Brasil para Cristo. “Os dois se aproximaram a partir de questões ligadas à moralidade e têm atuado de maneira conjunta”, disse. “Tanto os carismáticos quanto os evangélicos tentaram impedir que o STF decidisse sobre aborto em casos de anencefalia, sob a alegação de que cabe ao Congresso deliberar sobre a questão.”

É graças à união dessas forças, ainda segundo Maria das Dores, que os projetos de interesse de feministas e homossexuais são barrados. “Sempre se fala nos evangélicos, mas eles não têm condições de impedir, sozinhos, que o Congresso vote e aprove projetos dos movimentos sociais mais progressistas. Isso ocorre em decorrência de um jogo de alianças, que inclui católicos e espíritas. A atenção recai sobre os evangélicos porque são os que fazem mais barulho e têm maior visibilidade.”

 Acompanhe o blog pelo Twitter@Roarruda

Tendências: