Audiência pública discute cotas raciais em São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Audiência pública discute cotas raciais em São Paulo

Roldão Arruda

22 de maio de 2012 | 21h23

A Assembleia Legislativa de São Paulo acaba de realizar uma audiência pública para discutir a questão das cotas raciais nas universidades públicas do Estado. Os deputados discutiram com estudantes e representantes do movimento negro o texto de um projeto de lei que incluiria a questão racial nos processos de seleção de estudantes da USP, Unicamp e Unesp.

Embora boa parte das universidades públicas já adote cotas especiais para afrodescendentes e indígenas, as escolas de São Paulo preferem o critério das cotas sociais. Elas privilegiam alunos egressos da rede pública de ensino.

O deputado Adriano Diogo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos, explicou que o objetivo é unificar três projetos já existentes na Casa sobre cotas raciais. Um deles  tramita desde 2004.

A ideia vem ganhando força desde que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, no mês passado, que a adoção de cotas raciais não contraria os princípios da Constituição.

 Acompanhe o blog pelo Twitter – @Roarruda

Nota do moderador: comentários são bem vindos. Mas comentários preconceituosos, racistas e homofóbicos, assim como manifestações de intolerância religiosa, xingamentos, ofensas entre leitores, contra o blogueiro e a publicação não serão reproduzidos. Não é permitido postar vídeo. Os textos devem ter relação com o tema do post. Não serão publicados textos escritos inteiramente em letras maiúsculas. Os comentários reproduzidos não refletem a linha editorial do blog.

publicidade

publicidade