Arcebispo culpa governo pela situação de insegurança jurídica em Mato Grosso do Sul
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Arcebispo culpa governo pela situação de insegurança jurídica em Mato Grosso do Sul

Roldão Arruda

27 de novembro de 2013 | 20h40

Em carta aberta às autoridades, o arcebispo de Campo Grande (MS), dom Dimas Lara Resende, disse nesta quarta-feira, 27, que acompanha com preocupação  o agravamento dos conflitos fundiários no Estado. Para ele, a tensão decorre da “demora das autoridades competentes em apresentar uma solução concreta para a situação dos povos indígenas mobilizados por suas terras e dos produtores rurais que têm suas propriedades reivindicadas como de ocupação tradicional pelos índios”.

Dom Dimas lembrou que, em maio, representantes do governo federal estiveram no Estado e prometeram encontrar uma solução para os conflitos. Transcorridos quase seis meses, porém, nada mudou.

“Vimos  mais uma vez a insegurança e o descrédito tomarem conta tanto de índios como de produtores rurais, deixando intranquila também toda a sociedade que almeja pela paz social, respeito pelos direitos e pela justiça e vida digna para todos”, disse o líder religioso em sua carta.

Segundo o arcebispo, a insegurança afeta tanto as comunidades indígenas, que “não têm condições de resgatar suas formas próprias de organização”, quanto os produtores rurais, que possuem títulos de propriedade fornecidos pelo Estado e “atravessam momentos difíceis”.

O governo precisa redobrar os esforços para a busca de uma solução para o problema, segundo dom Dimas. Na carta, ele faz um apelo às autoridades federais e do Estado para que mantenham negociações abertas no primeiro semestre.

Dom Dimas, de 57 anos, é membro do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Assumiu a direção da Arquidiocese de Campo Grande em 2011.

Acompanhe o blog pelo Twitter – @Roarruda 

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: