A execução dos guerrilheiros no  Araguaia na voz de Curió
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A execução dos guerrilheiros no Araguaia na voz de Curió

Roldão Arruda

07 Junho 2012 | 11h24

Chega na segunda-feira, 11, às livrarias a obra Mata! O Major Curió e as Guerrilhas do Araguaia, do jornalista Leonencio Nossa, repórter do Estado, na sucursal de Brasília. Escrito a partir dos arquivos do major Sebastião Curió, contém um detalhado relato sobre a execução dos integrantes da Guerrilha do Araguaia, levada a cabo pelo PC do B entre 1972 e 1975, na região do Rio Araguaia.

O major foi um dos articuladores da Operação Marajoara, a terceira expedição enviada pelo Exército à região para eliminar o incipiente foco de guerrilha. As duas anteriores haviam fracassado. Ao final de sua ação, 67 pessoas haviam morrido. Entre elas 42 guerrilheiros, executados sumariamente, depois de terem sido presos, quando já estavam fora de combate.

Curió abriu seus arquivos após um longo trabalho de aproximação do repórter. Foram quase dois anos. Segundo o militar, seu objetivo foi educativo. “Não me julgo dono da verdade. Sei muita coisa porque vivi”, disse. “É preciso contar a história com imparcialidade para que os mais jovens possam avaliar a atuação das Forças Armadas no Araguaia.” 

Uma parte das revelações já foram publicadas em 2009 pelo Estado, numa série de reportagens. A maior parte do texto do livro, porém, é formada por material inédito, segundo o repórter. Além da guerrilha, ele trata do envolvimento de Curió com os garimpeiros da região de Serra Pelada, a partir dos anos 80.

O livro, editado pela Companhia das Letras,  já pode ser adquirido em edição digital pelo site da Livraria Cultura. O lançamento oficial em São Paulo, com a presença do autor, será no dia 13 de julho, durante um congresso de jornalistas.

O maior drama das famílias de pessoas executadas no Araguaia continua sendo o da localização dos corpos. No domingo, 10, começa na região do Araguaia uma outra expedição de busca.

Acompanhe o blog pelo Twitter – @Roarruda

Nota do moderador: comentários são bem vindos. Mas comentários preconceituosos, racistas e homofóbicos, assim como manifestações de intolerância religiosa, xingamentos, ofensas entre leitores, contra o blogueiro e a publicação não serão reproduzidos. Não é permitido postar vídeo. Os textos devem ter relação com o tema do post. Não serão publicados textos escritos inteiramente em letras maiúsculas. Os comentários reproduzidos não refletem a linha editorial do blog.