Unesco pede apuração de declarações de Bolsonaro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Unesco pede apuração de declarações de Bolsonaro

Lilian Venturini

31 de março de 2011 | 19h43

Eduardo Bresciani, do estadão.com.br

As declarações do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) provocaram reação até de um braço da Organização das Nações Unidas (ONU). Em seu Twitter oficial, o escritório da Unesco no Brasil pediu apuração das frases do parlamentar.

“Unesco no Brasil defende apuração de denúncia de homofobia e racismo por parte de parlamentar”, diz post publicado na tarde desta quinta-feira, 31, e que foi parar na capa do site da ONU no Brasil. Na sequência, a Unesco escreveu ainda “Reafirmamos o compromisso da UNESCO com os valores universais de tolerância, respeito à diversidade e aos direitos humanos”.

Mais conteúdo sobre:

BolsonarohomofobiaONUtwitterunesco