As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

TV ESTADÃO: Para tucano, Kassab teve papel ‘nefasto’ e virou ‘peso’ para PSDB

Redação

28 de outubro de 2012 | 19h50

O Estado de S. Paulo

Texto atualizado às 20h22

O secretário de Energia do Estado de São Paulo, José Aníbal, criticou duramente o prefeito Gilberto Kassab (PSD) e defendeu a “revitalização” do PSDB, durante entrevista à TV Estadão neste domingo, 28.

“A campanha (de José Serra à Prefeitura) teve um peso muito difícil de carregar: o Kassab. É um prefeito que, do ponto de vista da gestão, é péssimo”, disse o tucano.

“Se eu tivesse sido candidato, não faria aliança com Kassab de jeito nenhum, pelo papel nefasto que ele teve em São Paulo. Ele adotou um modo de gestão completamente centralizado e esvaziou as subprefeituras. Claro que isso teve impacto no resultado do nosso candidato (Serra)”, disse Aníbal, que chegou a disputar a prévia para a escolha do nome do PSDB a se candidatar à Prefeitura da capital paulista.

Aníbal disse ter considerado uma interferência a atitude de Kassab durante as prévias do PSDB. O prefeito, lembrou o secretário, chegou a dizer que só apoiaria o PSDB se o candidato fosse o Serra.

Para o secretário de Energia, as prévias no PSDB “foram um indicativo de que na base do partido havia um sentimento de (necessidade de) mudança”.

“A militância se mobilizou em torno dos quatro candidatos das prévias. Depois o Serra se colocou. Dois saíram e dois se mantiveram (nas prévias). O Serra acabou sendo candidato, mas de qualquer maneira o sentimento de mudança ficou presente”, opinou.

Aníbal mostrou-se descontente também com a escolha de Serra. “Houve uma percepção por parte da maior parte das lideranças do PSDB que teríamos mais chances com o Serra. Acho um equivoco. É uma posição conservadora.”

Para Aníbal, seu partido precisa intensificar a mobilização nas ruas e se revitalizar. “As pessoas estão mais informadas. O eleitor está mais atento, sabe que uma gestão eficiente produz mais resultados. O PSDB precisa se revitalizar e reafirmar essa característica de gestão competente e eficiente para a população.”

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.