As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

TSE multa servidora por divulgação de reportagem sobre Índio no site do Planejamento

Bruno Siffredi

06 de outubro de 2010 | 12h15

Bruno Siffredi

O Tribunal Superior Eleitoral multou uma servidora do Ministério do Planejamento considerada responsável pela publicação no site do órgão uma reportagem que repercutia as declarações do candidato a vice-presidente da chapa PSDB-DEM, Índio da Costa, sobre supostos vínculos do PT com as Farc.

A servidora Eliana de Araujo, que era responsável pela Assessoria de Comunicação Social da pasta, terá de pagar uma multa no valor de R$ 5 mil. O site manteve o vídeo da reportagem da Rede Bandeirantes no ar durante três dias, de 19 a 21 de julho.

A reportagem foi retirada do site depois que a reportagem do Radar Político entrou em contato com a assessoria do órgão. À época, a assessoria atribuiu o erro a um estagiário.

O Ministério Público Eleitoral, autor da representação, lembrou que o próprio Ministério admitiu o erro ao divulgar uma nota na qual indicava que “não repercute temas eleitorais sob nenhuma circunstância” em sua página oficial e indicava ter havido “falha” no critério para a publicação do vídeo.

Tudo o que sabemos sobre:

eleições 2010TSE

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.