As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

TSE cassa tempo de propaganda partidária do PR

Bruno Siffredi

29 de junho de 2011 | 20h34

estadão.com.br

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu de forma unânime nesta quarta-feira, 29, pela cassação de dois minutos e 30 segundos da propaganda partidária do Partido da República (PR), legenda do deputado federal mais votado do Brasil, Francisco Everardo Oliveira Filho, o Tiririca.

A punição, que será aplicada ao tempo de propaganda partidária do partido no segundo semestre de 2011, foi motivada por abusos cometidos em publicidade do partido veiculada em 2010.

Segundo a relatora do caso, ministra Nancy Andrighi, o PR usou a sua propaganda partidária do ano passado para fins eleitorais, ao apresentar críticas ao governador do Rio de Janeiro e então candidato à reeleição, Sérgio Cabral (PMDB-RJ).

Para Andrighi, “não é possível negar estreita conexão com o contexto eleitoral”. As propagandas do PR já haviam sido suspensas por decisão liminar em maio do ano passado, após pedido do PMDB.

Tudo o que sabemos sobre:

PRpropaganda partidáriaTiriricaTSE

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.