As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

TSE atualiza escolaridade de Paulo Skaf

Diferente do informado à Justiça Eleitoral candidato ao governo de São Paulo não concluiu ensino superior

Redação

17 de julho de 2014 | 18h28

Valmar Hupsel Filho

O Tribunal Superior Eleitoral retificou na tarde desta quinta-feira, 17, o registro do candidato ao governo de São Paulo, Paulo Skaf (PMDB), no trecho onde consta sua escolaridade. O item Grau de Instrução foi alterado de “superior completo” para “superior incompleto”.

A mudança foi feita a pedido do jurídico da campanha na manhã desta quinta, após a revelação de que o candidato não havia concluído o curso de Administração de Empresas na Universidade Mackenzie, como foi informado ao TSE.

O advogado Hélio Silveira assumiu a responsabilidade pelos dados informados erroneamente. “Foi um erro de preenchimento”, disse.

De acordo com a assessoria do candidato, ele nunca afirmou ter concluído o curso superior. Pelo contrário, já disse publicamente que estudou até o quarto ano e deixou a faculdade por causa do trabalho e do casamento.

Nos perfis de Skaf na internet consta a informação de que ele começou a trabalhar aos 17 anos, quando se tornou sócio da empresa de tecelagem do pai.

Tudo o que sabemos sobre:

EleiçõesPaulo SkafTSE

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.