As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

TRE apreende 4,3 mil peças de propaganda eleitoral irregulares em SP

Bruno Siffredi

29 de setembro de 2010 | 08h39

Priscila Trindade

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) recolheu em onze dias 4.331 peças de propaganda irregular na capital. O balanço divulgado nesta quarta-feira, 29, aponta que, em média, foram cerca de 400 apreensões por dia.

De acordo com a Prefeitura, a região que registrou o maior número de irregularidades foi a zona sul, com 1.718 peças apreendidas. A região central foi a área da cidade com menor número de apreensões. Apenas 88 placas e cavaletes foram removidos.

O convênio para fiscalizar as propagandas foi assinado em 16 de setembro. Equipes percorrerão a cidade até o final da eleição. Cada equipe do Centro de Controle de Operações Integradas (CCOI), que acompanha os oficiais do TRE, é composta por dois veículos (um caminhão e uma kombi) e oito funcionários.

O material apreendido e recolhido é levado ao pátio do CCOI. O TRE informa que, se os candidatos voltarem a colocar material de propaganda em locais onde não é permitido, podem ser notificados a retirá-la e, eventualmente, ser multados.

Tudo o que sabemos sobre:

irregularidadepropaganda eleitoralSPTRE

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.