As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Temer faz apelo à bancada para que aprove mínimo de R$ 545

TANIA MARIA BARBOSA MARTIN

16 de fevereiro de 2011 | 14h48

temer_celso_16022011.jpg

Marcelo de Moraes

No meio do debate do PMDB sobre reforma política, o vice-presidente da República, Michel Temer, fez um apelo à bancada para a aprovação, hoje, da proposta do governo de um salário mínimo de R$ 545. “Queria aproveitar para pedir unidade na votação de hoje. Claro que não quero influenciar ninguém, mas se for possível atender o discurso do líder (do PMDB) Henrique Eduardo Alves para que nós déssemos uma demonstração de que esta é uma bancada unitária. Nós temos uma posição agora unitária a favor (do governo), podemos ter lá na frente uma posição unitária contra. Mas temos que ter sempre unidade absoluta. Isso dá poder e força política ao partido e à bancada”, afirmou Temer.

O líder do partido na Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves disse que todos estão trabalhando com maior numero de votos a favor do governo. “Vocês vão se surpreender se pensam que a bancada do PMDB vai votar rachada. Vamos dar o maior numero de votos possível para o mínimo de R$ 545”, garantiu

Tudo o que sabemos sobre:

Michel TemerPMDBsalário mínimo

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.