As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Justiça pode barrar 24 prefeitos eleitos com ‘ficha-suja’ em SP

João Coscelli

16 de outubro de 2012 | 17h20

O Estado de S. Paulo

No Estado de São Paulo, 24 cidades elegeram candidatos com “ficha-suja” no primeiro turno. Outras duas – Sorocaba e Osasco – colocaram candidatos com a candidatura indeferida pela Justiça no segundo turno. A Procuradoria-Geral de República divulgou nesta terça-feira, 16, a relação de candidatos vencedores que não atenderam aos requisitos estabelecidos pela Lei da Ficha Limpa e que, por isso, podem ter suas candidaturas invalidadas. Os dados foram levantados pela Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo. A reportagem do Estado procurou os candidatos, mas ainda não obteve retorno.

Os casos ainda não foram encerrados porque ainda cabe recurso que pode alterar a decisão inicial. A maioria teve o registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), mas apelou para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e agora aguarda julgamento.

Até a decisão final da Justiça, os votos recebidos por cada um desses candidatos são considerados nulos. Se a decisão for mantida, o candidato fica impedido de assumir o cargo. Se a candidatura for considerada válida, os votos são contabilizados oficialmente.

Veja a relação de candidatos abaixo:

José Luiz Rodrigues (PR), de Aparecida
Terezinha do Carmo Salesse (PTB), de Bento de Abreu
Luís Otávio Conceição de Carvalho (PSDB), de Cafelândia
Carlos Eduardo Vieira Ribeiro (PV), de Campina do Monte Alegre
José Carlos Tonon (PDT), de Coronel Macedo
José Carlos Calza (PSDB), de Descalvado
Maria de Lurdes Teodori (PMDB), de Euclides da Cunha Paulista
Emerson Marcelo Baraldi (PSDB), de Fernão
David Jose Martins Rodrigues (DEM), de General Salgado
Maria Ivanete Hernandes Vetorasso (PSDB), de Guapiaçu
Fábio Bello de Oliveira (PMDB), de Ibiúna
Tarcísio Cleto Chiavegato (PTB), de Jaguariúna
José Garcia da Costa (PMDB), de Joanópolis
José Luiz da Cunha (PSDB), de Lavrinhas
Antônio Cordeiro (PV), de Martinópolis
Carlos Aparecido Alves (PMDB), de Nova Canaã Paulista
Celso Antonio Giglio (PSDB), de Osasco
Valter Martins (PSDB), de Osvaldo Cruz
Geraldo Giannetta (PTB), de Pedrinhas Paulista
Nelson Trabuco (DEM), de Pindorama
João Benedito Angelier (PSB), de Potim
Marco Antônio Bastos (PSDB), de Reginópolis
Otacílio Parras Assis (PT), de Santa Cruz do Rio Pardo
Isidro Camacho (PSDB), de Severínia
Renato Amary (PMDB), de Sorocaba
Adriano Cesar Dias (PSDB), de Cananeia.

Outros cinco eleitos enfrentam situação diferente. Suas candidaturas foram liberadas pelo TRE, mas a Procuradoria Regional Eleitoral entrou com recursos pedindo o indeferimento. São eles:

Vito Ardito Lerário (PSDB), de Pindamonhangaba
Dirlei Ortegas (PV), de Araçoiaba da Serra
Ronan Sales Cardozo (PTB), de Jaborandi
Walter Caveanha (PTB), de Mogi-Guaçu
Milton Álvaro Serafim (PTB), de Vinhedo.

Tudo o que sabemos sobre:

eleições 2012ficha-limpa

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.