As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Serra se compromete com setor fumageiro a não extinguir cultura do tabaco

TANIA MARIA BARBOSA MARTIN

20 de outubro de 2010 | 15h57

O candidato José Serra assinou carta em que se compromete com os produtores de fumo a não acabar com a cultura do produto, se eleito à Presidência. O tucano apresentou o documento na semana passada em visita a Santa Cruz do Sul (RS), principal pólo fumageiro do País. Serra, na carta, repudia os “boatos maliciosos” que afirmam que ele defende a extinção da cultura do tabaco.

Como governador de São Paulo, Serra trabalhou pelo estabelecimento da lei que proíbe o fumo em lugares públicos fechados como bares e restaurantes. Na carta, no entanto, ele afirma não recriminar a atividade rural tabageira: “jamais, porém, combati nem denegri o agricultor que luta, através da produção de fumo, para garantir o sustento de sua família”.

Parlamentares com base eleitoral em Santa Cruz do Sul vão entregar a carta assinada pelo tucano nesta quinta, 21, aos produtores de fumo.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.