As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Serra fica irritado com perguntas e ameaça interromper entrevista à rede CNT

Camila Tuchlinski

15 de setembro de 2010 | 17h57

Daiene Cardoso

Convidado para a gravação de uma entrevista que vai ao ar hoje à noite na rede CNT, Serra se irritou logo no primeiro bloco, ao ser questionado sobre as pesquisas e sobre o episódio da Receita Federal. Tentando evitar o assunto, Serra alegou que a questão da Receita era um “assunto da imprensa” e que preferiria discutir sobre suas propostas de governo. Ao ser pressionado pelos jornalistas Alon Feuerwerker e Márcia Peltier (a quem havia elogiado momentos antes por sua “juventude”), Serra interrompeu a entrevista bruscamente. “Não vou dar essa entrevista, vocês me desculpem”, disse.

Para a surpresa dos jornalistas, o tucano se levantou e reiterou que eles estavam perdendo tempo com aquelas questões. “Faz de conta que eu não vim”, disse, já se retirando do estúdio de gravação. “Eu não posso fazer um programa sem perguntas”, argumentou Márcia Peltier. Após ouvir os apelos dos entrevistadores, Serra retomou a gravação, desta vez para discutir suas propostas de governo.

Tudo o que sabemos sobre:

CNTentrevistaSerra

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.