Serra, Alckmin e o elevador
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Serra, Alckmin e o elevador

luisbovo

08 de junho de 2010 | 17h32

Por Roberto Almeida

O presidenciável tucano José Serra comemorou uma vitória na tarde desta terça-feira, 8. Foi ter conseguido escapar de um elevador titubeante no Centro de Convenções Rebouças, anexo ao Hospital das Clínicas, em São Paulo. A porta não abria. Serra, o pré-candidato tucano ao Palácio dos Bandeirantes Geraldo Alckmin e assessores ficaram presos não mais que cinco minutos. Elevador sobe, desce e nada.

Só no andar de baixo, onde seria recebido por um grupo de especialistas em doença mental, para contrapor o plano do governo federal na luta contra o crack, é que a porta se abriu. Serra, que diz não ser claustrofóbico, apesar de dar todos os sinais para tal, levantou os braços em celebração. Abaixo, a comemoração, na foto de Werther Santana, da Agência Estado.

serra

Tudo o que sabemos sobre:

Geraldo AlckminJosé Serra

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: