Senador do PTB exonera contador de cargo de assessor
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Senador do PTB exonera contador de cargo de assessor

Lilian Venturini

23 de fevereiro de 2012 | 11h44

do estadão.com.br

O senador Gim Argello (PTB-DF) exonerou do cargo de assessor o seu contador Cícero Gomes. O ato foi assinado dois dias depois de o jornal O Globo mostrar que Gomes, apesar de contratado do Senado, trabalhava em seu escritório de contabilidade. O contador presta serviços ao senador há 30 anos.

Na semana passada, Gim Argello afirmou não haver irregularidades na contratação. Ao justificar a exoneração, no entanto, o senador explicou que a decisão foi para preservar a imagem do contador. Depois da publicação da reportagem, o senador disse ter consultado a Diretoria do Senado para avaliar a contratação, mas como não recebeu resposta, optou pela exoneração.

O salário mensal de Gomes era de R$ 3,2 mil e não precisava bater ponto, conforme ato da Primeira Secretaria do Senado.

No ano passado, reportagens também revelaram o emprego de funcionários particulares do ex-ministro do Turismo Pedro Novais. O motorista da mulher de Novais era contratado pela Câmara e a ex-governanta de sua casa passou a ser recepcionista do ministério. Já desgastado no cargo, Novais pediu demissão após as denúncias.

Tudo o que sabemos sobre:

Gim ArgelloSenado

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.