As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mínimo no Senado: Casa aprova mínimo de R$ 545 para este ano

Armando Fávaro

23 de fevereiro de 2011 | 22h48

Eduardo Bresciani, do Estadão.com.br em Brasília

juca_salario_minimo_CelsoJuniorAE23022011.jpg
O líder do governo e relator do mínimo no Senado, Romero Jucá, durante a votação desta quarta

O Senado Federal definiu nesta quarta-feira, 23, em R$ 545,00 o valor do salário mínimo para o ano de 2011. A decisão aconteceu oficialmente com a rejeição da emenda do DEM que defendia o valor de R$ 560,00. Uma emenda do PSDB, que defendia R$ 600,00 para o mínimo, já tinha sido derrotada. Resta agora apenas a votação do destaque que estabelece o reajuste por decreto, até 2015, para o projeto seguir para a sanção presidencial.

Senado aprova reajuste do mínimo por decreto até 2015

Senador do DEM anuncia voto com o governo

A emenda dos R$ 560,00 foi rejeitada com 54 votos contra, 19 a favor e 4 abstenções. Com isso, foi mantido pelo plenário o valor de R$ 545,00 que constava no projeto do governo e foi mantido pelo relator, Romero Jucá (PMDB-RR).

Além de fixar o valor do mínimo para 2011, o projeto estabelece uma política de reajustes até 2015. Pela política, o mínimo será reajustado todos os anos com base na inflação do ano anterior e o crescimento da economia dois anos antes.

O projeto afirma que os reajustes dos próximos anos podem ser feito por um decreto presidencial, mas o PSDB apresentou um destaque para retirar essa permissão do texto.

Tudo o que sabemos sobre:

salário mínimoSenadovotação

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.