As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Seis municípios elegem novos prefeitos

Jennifer Gonzales

20 Julho 2010 | 20h36

Fonte: TSE

No domingo, 18, seis municípios escolheram seus prefeitos. Os resultados das eleições suplementares nas cidades de Apiacá (ES), Nossa Senhora dos Remédios e Isaías Coelho (PI), Riachão do Dantas (SE), São Francisco do Maranhão (MA) e Araras (SP) foram divulgados pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de seus respectivos estados.

De acordo com a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quando o registro do candidato ao Executivo é cassado, os votos dados a ele são anulados. Dessa forma, se o candidato conseguiu mais de 50% dos votos válidos já no primeiro turno, o segundo colocado não pode assumir a vaga. A eleição é anulada e é marcado um novo pleito pelo Tribunal Regional Eleitoral do respectivo Estado.

Apiacá (ES)

Com 6.244 eleitores aptos a votar, Apiacá elegeu Humberto Alves de Souza (PRP) que recebeu 2.687 correspondentes a 59,62% dos votos válidos. Compareceram às urnas 4.674 eleitores, sendo destes, 4.507 votos válidos. Em segundo e terceiro lugares, respectivamente, ficaram os candidatos do PSDB, João Guizzi (1.545 votos), e do PT, Paulo de Tarso Figueiredo (275 votos).

Nossa Senhora dos Remédios e Isaías Coelho (PI)

No estado do Piauí, houve eleições em duas cidades. Em Nossa Senhora dos Remédios, 6.558 eleitores estavam aptos a votar. Compareceram às urnas 85,07% dos eleitores, totalizando 5.579. Francisco Pessoa de Brito, candidato a prefeito pelo PSDB, obteve 2.396 que corresponde a 45,63% dos votos válidos, elegendo-se prefeito do município. Pedro Pereira Vera Filho (PTB), com 1.877 votos – 35,75% – e Carlos Alberto Fortes Couto (PP), com 978 votos – 18,63% -, foram os segundo e terceiro colocados, respectivamente.

No município de Isaías Coelho, Maria do Espírito Santo Castelo Branco Silva (PMDB), venceu com 2.516 votos, que corresponde a 54,14% dos votos válidos. O segundo colocado, Waldemir Mauriz Filho (PSB), obteve 2.131, que corresponde a 45,86%. Com as duas eleições suplementares realizadas, o Estado do Piauí contabilizou 9 eleições suplementares, todas referentes às eleições de 2008.

Riachão do Dantas (SE)

O município sergipano de Riachão do Dantas tinha 15.726 eleitores aptos a votar, mas compareceram 12.490. Foi eleito o candidato Ivanildo Macedo dos Santos (PT do B) com 6.470 dos votos, ou seja, 55,07% dos votos válidos. Em segundo lugar, ficou Pedro Santos Oliveira (PSL) com 5.278 dos votos, que correspondeu a 44,93%.

São Francisco do Maranhão (MA)

Na cidade de São Francisco do Maranhão, 8.530 eleitores estavam aptos a votar. Destes, 6.109 compareceram às urnas eletrônicas, o que equivale a 71,62% do eleitorado do município. Para o cargo de prefeito foi eleito, com 3.777 votos, Francisco Ademar dos Santos (Chico Pechó), pela Coligação “A Vontade do Povo”, com um percentual de 67,48% dos votos válidos. Em segundo lugar, pela Coligação “A Força Que Vem do Povo”, ficou o candidato Valdivino Alves Nepomuceno, com 1.820 votos, 32,52% dos votos válidos.

Araras (SP)

Os candidatos Nelson Dimas Brambila e Carlos Alberto Jacovetti foram eleitos prefeito e vice com 37.746 votos (56,35% dos votos válidos) e concorreram pela coligação PT/PSDC. Compareceram às urnas quase 84% dos eleitores (72.357). O elitorado apto era de 86.437.

selinho_twitter2

Mais conteúdo sobre:

EleiçõesprefeitosTSE