As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Russomanno diz que problemas na abertura da Copa são culpa do governo estadual

Bruno Siffredi

27 Julho 2010 | 12h34

O candidato do PP ao governo de São Paulo, deputado federal Celso Russomanno, disse nesta terça-feira que os problemas envolvendo a escolha do estádio paulista que receberá a abertura da Copa do Mundo de 2014 foram causados pela omissão do governo estadual. “O governo não fiscalizou o Morumbi”, disse Russomanno, que participa da sabatina do jornal Folha de S.Paulo.

“Os banheiros não têm a menor condição de receber turistas e torcedores de todo o mundo”, disse o candidato. “O estádio do Morumbi está do jeito que está porque o Estado foi omisso e não fez o seu dever.”

Russomanno descartou investir dinheiro público nas obras para a Copa (“dinheiro público serve para outras coisas”), mas disse que, como governador, pretende oferecer infraestrutura para receber o evento.

Ao comentar os problemas com aeroportos no Estado, Russomanno elogiou o deputado federal Paulo Maluf, presidente do PP, que “foi chamado de maluco” pelo projeto do aeroporto de Congonhas. “Hoje, se governa pelo imediatismo.”

Mais conteúdo sobre:

CopaEleiçõesPPRussomannosabatina