As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Querem inibir o eleitor de conhecer os candidatos à Presidência, afirma Marina

Bruno Siffredi

23 Julho 2010 | 10h12

A candidata do PV à Presidência, Marina Silva, demonstrou nesta sexta-feira, 23, seu descontentamento com o cancelamento do debate online entre os presidenciáveis, em nota divulgada pela sua assessoria. “Como se não bastasse terem reduzido o leque das candidaturas e das propostas com a exclusão de Ciro Gomes (PSB-CE) do processo eleitoral, agora querem inibir o próprio eleitor de conhecer, por meio dos debates, as visões, as propostas e as trajetórias dos candidatos à Presidência da República”, afirmou a senadora. “Querem criar no Brasil o anonimato eleitoral, em que o anônimo passar a ser o cidadão brasileiro privado de ter acesso sobre o que cada candidato pensa para o país.”

Os portais iG, MSN, Terra e Yahoo! Decidiram cancelar o evento na quinta-feira, 22, depois que os presidenciáveis de PT, Dilma Rousseff, e PSDB, José Serra, recusaram oficialmente o convite para participar do debate. Para Marina, “a recusa ao confronto das ideias é promover o empobrecimento da democracia pela qual tanto lutamos, inclusive Dilma e Serra”. A candidata do PV concluiu sugerindo a realização, “em respeito ao eleitor brasileiro”, de uma sabatina sobre suas propostas de governo no espaço que seria dedicado ao debate.

selinho_twitter2