As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

PTB oficializa apoio a Serra

Armando Fávaro

18 de junho de 2010 | 18h34

Por Malu Delgado

O PTB aprovou há pouco, em convenção nacional realizada em São Paulo, o apoio formal a José Serra (PSDB) na disputa à Presidência. Com a decisão, a sigla passa a integrar a coligação PSDB-DEM-PPS, o que dará a Serra cerca de sete minutos na propaganda eleitoral em rádio e televisão em cada bloco geral de 25 minutos. Serra e dirigentes do PSDB participarão, amanhã, do encerramento da convenção.

O apoio petebista, no entanto, não é sinônimo de controle de dissidências. Majoritariamente, a bancada federal do PTB na Câmara apoiará a petista Dilma Rousseff na disputa eleitoral. O líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO), decidiu retirar o ofício para que fosse analisado, durante a convenção, a possibilidade de o PTB apoiar a petista. Segundo ele, a decisão foi tomada para evitar a cizânia partidária, mas os apoios regionais a Dilma em determinados estados, como Goiás, estão preservados.

O presidente do PTB, Roberto Jefferson (RJ), previu que essa eleição presidencial será definida em dois turnos. Ele minimizou o apoio da bancada federal a Dilma. “Não é toda a bancada e nem todos os parlamentares que estão com a Dilma.” Sobre as dissidências nos Estados, Jefferson contemporizou: “Temos uma decisão partidária de interpretar o sentimento da lógica nacional dos palanques”.

A coligação de Dilma Rousseff até o momento, que inclui PT, PMDB, PSB, PC do B, PR, PRB, entre outros, já lhe garante um tempo maior que o de Serra na televisão durante o horário eleitoral gratuito.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: