As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Presidente da Câmara quer votação da MP do trem-bala nesta terça-feira

Jennifer Gonzales

29 de março de 2011 | 12h27

Eduardo Bresciani, do Estadão.com.br

Mesmo sem acordo entre os líderes, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), garantiu que irá a voto nesta terça-feira a Medida Provisória que trata do financiamento do projeto do Trem de Alta Velocidade (TAV) entre Rio de Janeiro e Campinas, conhecido como trem-bala.

O presidente da Câmara cancelou a reunião de líderes prevista para esta tarde e anunciou a pauta de votações. “A pauta já está fechada, o que não tiver acordo vai a voto”.

Segundo Maia, além da MP do trem-bala, deve ser votado nesta noite o projeto que destina recursos do Fust para o programa Banda Larga nas Escolas. Na quarta-feira, a previsão é de votação do acordo assinado entre Brasil e Paraguai em 2009 que aumenta o preço pago ao Paraguai pela energia elétrica produzida em Itaipu que não é consumida pelo país vizinho e acaba sendo repassada ao Brasil. O acordo prevê o pagamento de US$ 360 milhões anuais por esta energia, o triplo do que o Brasil paga atualmente.

Tudo o que sabemos sobre:

Câmara dos DeputadosMarco Maiatram-bala

Tendências: