As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Prefeitos presos na Operação Carcará são libertados por habeas-corpus

Camila Tuchlinski

13 de novembro de 2010 | 11h43

Tiago Décimo, de Salvador (BA)

Dos 43 presos durante a Operação Carcará, da Polícia Federal em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF), realizada entre quarta e quinta-feira, 42, incluindo os sete prefeitos que haviam sido detidos, foram libertados entre a noite de ontem (sexta-feira) e a manhã de hoje.

A Justiça acatou o pedido de habeas-corpus feito pelas defesas dos acusados de participar de um esquema de fraudes em licitações e desvios de verbas públicas, que teria causado um prejuízo de pelo menos R$ 60 milhões aos cofres públicos, em 21 municípios do interior baiano. O único acusado que continua detido é o empresário Edson dos Santos Cruz, apontado como mentor e líder do esquema, que cumpre prisão preventiva de 30 dias.

Tudo o que sabemos sobre:

Operação CarcaráPolícia Federal

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.