As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pré-candidatura de Netinho será oficializada sexta

luisbovo

18 Maio 2010 | 19h38

Por Flávia Tavares

A pré-candidatura para o Senado de Netinho de Paula (PC do B) será oficializada na sexta-feira, 21, em São Paulo, já incluída na chapa do PT, de Aloizio Mercadante, pré-candidato ao governo de São Paulo, e Marta Suplicy, também para o Senado.

Apesar de Netinho já circular ao lado de Mercadante em viagens pelo Estado há algumas semanas, a oficialização não vinha porque os petistas queriam deixar as portas abertas para a adesão do também vereador Gabriel Chalita (PSB-SP). Mas, com a confirmação do lançamento do pessebista Paulo Skaf para o governo – e, provavelmente, de Chalita em sua chapa -, o caminho ficou livre para a união de Netinho com o PT paulista.

“Eu agrego ao PT o voto da juventude feminina, que não faz parte de nenhum movimento social organizado e quer se inserir na política”, diz Netinho. “Além disso, essa nova classe média que emergiu no governo Lula é a camada que eu represento, de pessoas que cresceram ouvindo minhas músicas e meus discursos.” O evento que oficializa a união será no mesmo dia do lançamento de Skaf, pelo PSB, e contará com a presença de Mercadante, do presidente estadual do PT, Edinho Silva, e da presidente estadual do PC do B, Nádia Campeão.

Netinho pretende fazer da educação a prioridade de sua campanha. Ele nega que, se eleito, vá para o Congresso Nacional representar somente a periferia de São Paulo. “Vou representar o povo do Estado. Melhorando a vida dos mais humildes, melhoramos a vida de todos”, defende.

Quanto à carreira artística, o vereador acredita que é possível conciliar a música com a vida política. E garante que continuará a fazer seus shows nos finais de semana. “Não quero viver de política. Quero contribuir com a política. A música é que é meu ganha-pão.”