As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Oposição diz haver privilégio para Dirceu; já comissão, não

Lilian Venturini

29 de abril de 2014 | 23h07

Eduardo Bresciani

 

Deputados da oposição que visitaram ontem o ex-ministro José Dirceu no Presídio da Papuda, em Brasília, afirmaram que ele tem uma cela privilegiada. Segundo relatos, o petista estava vendo a partida de futebol entre Real Madrid e Bayern Munchen em uma TV de plasma quando os parlamentares chegaram.
O local em que ele está preso teria chuveiro quente e um espaço bem maior do que o reservado a outros detentos. Parlamentares da Comissão de Direitos Humanos, porém, minimizaram as divergências e redigirão parecer para ser encaminhado ao Supremo Tribunal Federal dizendo não haver qualquer regalia para justificar a não concessão do benefício de trabalho externo ao ex-ministro, condenado no julgamento do mensalão.
A visita dos parlamentares ocorreu após pedido do deputado Zeca Dirceu (PT-PR), filho do ex-ministro, e de sua irmã, Joana Saragoça. Nilmário Miranda (PT-MG) foi quem apresentou o requerimento defendendo a visita e nega a existência de privilégios.
A deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) participou do grupo e disse que visitou celas no mesmo pavilhão de Dirceu em que há superlotação. “É um horror. Um monte de gente empilhada, celas escuras, sem iluminação.”