As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Petrobrás rescinde contrato com a Delta e mantenedora demite 800 funcionários

Redação

15 de maio de 2012 | 08h28

A J&F Holding, empresa que assumiu o controle da Delta Construções na segunda-feira, demitiu 800 funcionários depois de a Petrobrás rescindir um contrato de R$ 846 milhões que mantinha com consórcios responsáveis pelas obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, dos quais a empreiteira participava. O fim do acordo ocorreu por causa do baixo desempenho da Delta, informou a estatal.

De acordo com reportagem publicada nesta terça-feira, 15, no jornal O Globo, os funcionários demitidos são 500 operários e 300 técnicos. A J&H Holding, que se disse surpresa pela decisão tomara pela Petrobrás, se comprometeu a fazer esforços para manter empregados os 30 mil empregados da Delta em outras obras.

A decisão foi anunciada na sexta-feira à empreiteira. Apesar da rescisão dos contratos, assinados em 2010, o acordo firmado em 2009 entre Petrobrás e Delta no valor de R$ 129 milhões para reformas da Unidade de Tratamento de Águas Ácidas da Reduc segue valendo. As obras devem ser concluídas em junho.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.