As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Petista que criticou Ana de Hollanda diz que ela foi demitida da Cultura

Jennifer Gonzales

21 de outubro de 2011 | 17h02

O sociólogo Emir Sader, que em fevereiro deste ano, criticou a ministra Ana de Hollanda, chamando-a de autista, postou em seu Twitter, que ela foi demitida do Ministério da Cultura. O petista afirmou ainda que em seu lugar assume  a deputada Jandira Feghali. Segundo Emir Sader, PC do B fica sem o Ministerio do Esporte.  Procurado, o Ministério da Cultura não confirmou a informação.

Em resposta a Emir Sader, também pelo Twitter, Jandira afirmou que “isso não é verdade”. Segundo ela, o PCdoB está unido em torno de Orlando Silva.

Já o colunista do Estado, José Roberto de Toledo, explica a situação também pelo Twitter: “Inimigos de @anadehollanda aproveitam crise para queimar ministra e propor roque do PT com PCdoB: Esportes por Cultura. Comunistas resistem.”

A seguir, Toledo comentou: “Descobrir fontes anônimas de colunas de notas já foi um esporte divertido. Perdeu a graça. Plantadores se entregam no Twitter e Facebook.”

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.