Aliados dizem que Álvaro Dias será o vice de José Serra; PSDB não confirma
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aliados dizem que Álvaro Dias será o vice de José Serra; PSDB não confirma

Camila Tuchlinski

25 de junho de 2010 | 12h20

Por Rodrigo Alvares, Bruno Siffredi e Roberto Almeida

Atualizado às 14h06

Depois de o presidente do PTB, Roberto Jefferson (PTB-RJ), dizer através de seu Twitter – durante o jogo da seleção brasileira – que o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) será o vice de José Serra na chapa que disputará a eleição presidencial deste ano, a informação tem sido negada pelos tucanos. Por meio do microblog, o ex-deputado escreveu: “Falei agora com o Sergio Guerra [presidente nacional do PSDB]. O vice será o Álvaro Dias”, disse.

jef2

O senador tucano não confirmou a declaração do petebista em seu perfil no Twitter: “Estamos consultando líderes e presidentes dos partidos aliados para decidir nosso candidato a vice presidente. Nossos prazos serão mantidos. Continuem torcendo pelo Brasil. Abraço“. De acordo com fontes, Sérgio Guerra estaria a caminho do Rio de Janeiro para confirmar a chapa “puro sangue” dos tucanos ao presidente nacional do DEM, Rodrigo Maia.

Há pouco, Álvaro Dias escreveu em seu Twitter: “Estou embarcando de SP para Cuiabá sem tempo para responder os questionamentos aqui postados. Desculpem. Só à noite terei tempo”.

xSERRA15

Serra, Alckmin e Aloysio Nunes assistem o jogo Brasil x Portugal no Mercado Muncipal de Bragança Paulista (SP).

Foto: Hélvio Romero/AE

Depois de assistir ao empate da seleção brasileira no jogo contra Portugal, Serra foi questionado sobre a possibilidade de Álvaro Dias ser o vice de sua chapa: “Sem dúvida, é um bom nome, mas isso é o presidente Sérgio Guerra que vai resolver com os outros partidos”.

PPS

De acordo com o presidente nacional do PPS, Roberto Freire, o nome do senador paranaense foi aventado durante a reunião feita ontem à noite entre a cúpula da camapanha de Serra. “Ele é um verdadeiro democrata, tem sido um combativo líder da bancada da oposição no Congresso.Tudo indica que ele será o candidato”, afirmou.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: