As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

PDT e Dilma lamentam a morte de Jackson Lago

TANIA MARIA BARBOSA MARTIN

04 de abril de 2011 | 22h06

O PDT divulgou nesta segunda nota de pesar pela morte de um de seus membros, o ex-governador Jackson Lago. Lago estava internado no Hospital do Coração, em São Paulo, em razão de um câncer na próstata e morreu nesta segunda à tarde.

A presidente Dilma Rousseff, que era PDT antes de ir para o PT, divulgou nota também. Leia as íntegras:

– “Lamentamos profundamente a perda irreparável do amigo e companheiro de fundação do PDT Jackson Lago. Sua história de vida se confunde com a história de superação do povo brasileiro, e foi exemplo de luta e coerência durante toda sua vida em favor do povo do Maranhão, seu estado natal.
O corpo físico se vai, mais as suas idéias ficam na mente de milhares
de brasileiros.

Saudações socialistas e trabalhistas”
Direção Nacional do PDT

– “Jackson Lago destacou-se, pela dedicação e competência, como homem público e também como médico e professor de medicina. Começou sua carreira política na década de 60, participando ativamente do movimento de resistência à ditadura. Ao lado de Leonel Brizola, ajudou a fundar o PDT, em 1979, e tornou-se dirigente do partido. Eleito para a prefeitura de São Luís em três oportunidades, chegou a ser apontado, em uma pesquisa nacional de opinião, como o melhor prefeito do país. No momento de sua perda, envio meu abraço solidário a seus parentes, amigos e correligionários.”

Dilma Rousseff

Veja também:

Morre o ex-governador do Maranhão Jackson Lago
Leia mais notícias de política

Tudo o que sabemos sobre:

Dilma RousseffJackson LagoPDT

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.