As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Paulinho oficializa candidatura e diz que PT está ‘com Deus e o diabo’

Redação

16 Junho 2012 | 11h52

Débora Álvares, de O Estado de S.Paulo

O candidato do PDT à Prefeitura de São Paulo, Paulinho da Força, não acredita que a presença da deputada Erundina na chapa do concorrente petista Fernando Haddad – ela foi confirmada como vice – prejudique sua campanha junto à militância de esquerda. “Não sei como esse pessoal que historicamente a Erundina tem em São Paulo vai ver o PT ao lado do Maluf (o PP também formalizou apoio ao PT)”, destacou o postulante a prefeito. “Eles estão com Deus e o diabo”, provocou Paulinho.

Paulinho confia que suas propostas de descentralização da administração e do emprego na capital são que o diferencia dos principais concorrentes José Serra (PSDB) e Haddad (PT). “Minha proposta de levar emprego para perto das pessoas e de dar poder às subprefeituras são ideias que vão empolgar a militância e nos fazer disputar de igual.”

O candidato pedetista destaca a intenção de diminuir os impostos (ISS e IPTU) das regiões que não centralizam empregos. A ideia é estimular a abertura de empresas na periferia da cidade de forma a desafogar o centro e diminuir o fluxo diário de pessoas.

O PDT formaliza neste sábado a candidatura de Paulinho na convenção do partido que ocorre essa manhã na capital paulista. O vice na chapa é o amigo pessoal de Paulinho e médico do Corinthians, Joaquim Brava. Neste sábado a sigla lança, ainda, a candidatura de 60 vereadores.

 

Mais conteúdo sobre:

eleições 2012Paulinho da ForçaPDT